RESENHA: A Herdeira de Kiera Cass

“Um dia o bem-estar do país vai recair sobre seus ombros, e você vai se surpreender com o que será capaz de tentar para evitar que ele desmorone. Nunca imaginei que teríamos outra Seleção, mas os planos mudam quando as circunstâncias exigem isso de você.”

Escrito por May

Título: A Herdeira
Autor: Kiera Cass
Editora: Seguinte
Páginas: 392
Avaliação: sem-tc3adtulo

Primeiro eu gostaria de dizer que essa resenha pode conter spoiler de A Escolha, portanto, se você ainda não o livro, não continue.

Depois de muito tempo esperando para ter esse livro comigo eu FINALMENTE, li a Herdeira. E foi uma decepção para mim.

O livro se passa 20 anos depois da seleção de Maxon e America e conta sobre Eadlyn, a futura rainha de Illea. O país passa por grandes dificuldades depois do fim das castas, e para tentar acalmar os ânimos, e distrair a população, decide-se fazer uma nova Seleção. Dessa vez com 35 garotos tentando conquistar a nova rainha. Uma Seleção totalmente diferente de todas as que já haviam acontecido.

Eu sou completamente apaixonada por A Seleção, e quando anunciaram que sairia mais um livro eu fiquei numa felicidade gigantesca, e acabei colocando muita expectativas nele, o que pode ter atrapalhado um pouco na minha leitura.

Antes de ler eu imaginava como seria ver a competição por um ângulo diferente do já visto. Do ponto de vista de quem toma as decisões, quem tem de escolher, ao invés de um dos Selecionados. Mas não foi nem um pouco tão empolgante quanto e esperava. Eadlyn é uma garota chata e mimada de um jeito que eu nunca imaginei que a filha de Maxon com America pudesse ser. O livro ser narrado por ela não ajudou em nada. Não é uma personagem que te cativa, pela qual você torce. Me irritava demais vê-la se preocupando com coisas desimportantes, reclamando de tudo e de todas.

Outra coisa que me decepcionou foi que, Eadlyn passa boa parte do livro revoltada por não querer se casar. Para ela, uma rainha não precisa de um homem para poder governar. E essa foi, talvez, a única característica que eu gostei na personagem. Mesmo com todos dizendo que ela deveria se casar, ela tem consciência de que não é preciso para ser uma boa governante. Porém, no final do livro ela dá a entender que, a única maneira de fazer o seus súditos gostarem dela é se casando.

“Nunca consegui prender a respiração por sete minutos. Nem sequer por um. Uma vez tentei correr um quilômetro e meio em sete minutos depois de descobrir que alguns atletas faziam isso em quatro, mas fracassei espetacularmente quando pontadas na lateral do abdome me deixaram exausta no meio do percurso. Contudo, há uma coisa que consegui fazer em sete minutos que a maioria das pessoas consideraria bem impressionante: me tornar rainha.”

Outro ponto negativo é que o livro possui muitas cenas previsíveis, você já sabe o que vai acontecer com alguns personagens no momento em que eles aparecem.

Mas o livro não é de todo ruim. Ele tem, sim pontos positivos.

A escrita da Kiera Cass continua tão viciante quanto nos livros anteriores. Eu amei ver como estão alguns dos personagens e o país 20 depois de A Escolha. E tem alguns personagens por quem eu me apaixonei e que compensam a chatice da Eadlyn.

Por isso tudo eu dei 3 estrelas em minha avaliação no Skoob. Não vou dizer que recomendo o livro. Mas, se você gostar tanto da saga quanto eu, leia. Só não vá com tanta expectativa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s